Notícias

COMO ESCOLHER UM GERADOR

 

COMO ESCOLHER UM GERADOR

 

O painel de controle é uma das partes primordiais do generador elétrico
 
Durante a decisão de comprar um gerador, se dá mais destaque ao alternador e ao motor, às vezes subestimando-se outras de suas partes promordiais: o painel de controle  Independentemente da aplicação, o binômio motor-gerador não é capaz de realizar e atender aos requisitos do cliente sem um controle completo, eficaz e confiável.
 
A HIMOINSA recomenda prestar atenção a duas características-chave dos painéis de controle na hora de comprar um gerador: expansibilidade e flexibilidade.
 
A capacidade de expansão permite cumprir, com um mesmo sistema, tanto os requisitos mínimos de controle de segurança, como a integração dos geradores em sistemas de gestão de edifícios sofisticados, comunicação remota ou controle de qualquer outra variável do ambiente.
 
Além disso, outro aspecto importante é a flexibilidade do software de gestão para que se considere todas as variáveis ​​de campo que são difíceis de controlar. Um painel de controle deve ser capaz de incluir limites de programação e níveis de alarme para que o gerenciamento do produto seja possível diante de qualquer imprevisto, garantindo a funcionalidade do gerador.  As linhas de controle de ruído, tensões instáveis ​​ou micro-interrupções de rede podem ser discriminadas, isoladas e geridas com medidas independentes para cada incidência.
 
Portanto, apesar de o motor e do  alternador serem partes essenciais de um gerador, a HIMOINSA recomenda especial atenção ao sistema de controle e à seleção de cada um dos componentes do grupo gerador.  Sem o sistema de controle adequado a otimização dos recursos e um resultado satisfatório não é possível.